quarta-feira, 31 de julho de 2013

Alunos da Faculdade Alvorada pedem ajuda ao Ministério da Educação

Cerca de 50 alunos da Faculdade Alvorada, que sofreu ação de despejo após não pagar o aluguel, na última sexta-feira , foram até o Ministério da Educação na manhã desta segunda-feira pedir uma reunião com coordenador geral de supervisão de educação superior, Pedro Leitão.

O coordenador esteve reunido com um grupo de 5 alunos que pedem que a faculdade tome as devidas providências para que não saiam prejudicados. O MEC deve enviar hoje um ofício à direção da faculdade pedindo para que eles informem o novo local da instituição. A direção tem até 48 horas para responder, caso não o faça o MEC vai entrar com edital de chamamento e a instituição de nível superior vencedora irá receber os alunos.

A ação de despejo foi tomada por causa da inadimplência da empresa, que deixou de pagar o aluguel do prédio da 516 Norte, em dezembro de 2008. A dívida passa de R$ 30 milhões. As aulas do próximo semestre deveriam começar nesta segunda-feira (29/7). 

A Alvorada tem 22 cursos e mais de 2 mil alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário