quarta-feira, 3 de julho de 2013

Contribuinte pode verificar tempo de espera nas agências da Receita


Secretaria da Fazenda disponibiliza ferramenta on-line para desconcentrar atendimento e diminuir filas

BRASÍLIA (2/7/13) - Atualmente a Secretaria de Fazenda tem uma ferramenta on-line que permite aos contribuintes verificar o tempo médio de espera nas agências da Receita do Distrito Federal antes de se dirigirem para buscar atendimento, medida que reduz o tempo de espera e as filas.

"A recomendação é verificar em qual agência o atendimento está melhor e, apesar de o contribuinte ter de se deslocar mais, a compensação virá no menor tempo de espera", destacou o coordenador de atendimento ao contribuinte da Secretaria de Estado da Fazenda, Roberto Muller, à Agência Brasília.

O objetivo da Receita é desconcentrar o atendimento das agências mais procuradas, como Brasília e Taguatinga, onde o tempo médio de espera é de até 40 minutos, para outras, como as de Sobradinho, Núcleo Bandeirante e Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

"Para se ter uma ideia da gravidade, nesses dias de adesão ao Recupera DF, há contribuintes que enfrentaram fila de até 3 horas nas agências Brasília e Taguatinga", detalhou o coordenador.

A informação do tempo médio de espera e atendimento nas agências pode ser encontrada no site www.fazenda.df.gov.br, no canto direito da página – há um banner preto, em forma de letreiro nas cores branca e amarela.

Ao clicar na imagem, o internauta é levado a outra página com o tempo médio de espera e de atendimento de nove das 12 unidades do Fisco distrital.

Em razão de prestarem serviços específicos, não estão disponíveis os dados das agências Empresarial, Atendimento Remoto e Caemi.

O coordenador da Secretaria da Fazenda explicou também que a ferramenta está em fase experimental e sofrerá ajustes para se aproximar ainda mais do tempo real.

"A informação disponível é a do tempo médio de espera, mas a média é impactada pelo início do atendimento. Então a ferramenta será aprimorada para se aproximar ainda mais da realidade", declarou à reportagem.

INTERNET - Outra opção para escapar das filas nas agências da Receita é utilizar os serviços on-line, como emissão de documentos de arrecadação, da certidão negativa de débitos e Nota Fiscal avulsa.

Segundo Roberto Muller, o contribuinte que não tem familiaridade com a internet pode procurar as agências do Banco de Brasília (BRB), que oferecem os mesmos serviços disponíveis no site da Receita.


"São mais de 250 postos de atendimento para esses serviços que estão disponíveis na internet. Nós (a Receita) fizemos um convênio com o BRB, treinamos o pessoal das lojas para que atendam os contribuintes que não sabem usar a internet e até aqueles que desconfiam da validade do serviço", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário