quinta-feira, 4 de julho de 2013

Lista reúne empresas proibidas de assinar contratos com o GDF


Relação de pessoas físicas e jurídicas declaradas inidôneas ou suspensas está disponível no Portal da Transparência


A Secretaria de Transparência e Controle do Distrito Federal (STC) divulgou hoje relação de todas as empresas e pessoas físicas com irregularidades junto a algum órgão do governo e que, por isso, estão proibidas de participar de licitações ou fechar contratos com a administração pública.

De acordo com a secretária de Transparência, Vânia Vieira, o balanço inclui empresas suspensas e declaradas inidôneas: “essa é mais uma medida que demonstra o firme compromisso deste governo com a transparência e com o combate à impunidade”, ressaltou.

Até então, estava disponível apenas a relação de empresas punidas diretamente pela própria STC, mas agora foram consolidados os dados de sanções aplicadas por todos os demais órgãos do governo local.

A listagem traz 80 punições aplicadas desde 2011 e servirá de fonte de referência e consulta para todo o governo do Distrito Federal nas próximas licitações e processos de compras.

Ao todo, 16 empresas foram punidas até agora pela Secretaria de Transparência, sendo que a maioria é das áreas de construção civil e tecnologia da informação.

Os dados podem ser acessados pelo Portal da Transparência, que também oferece link para o Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas (Ceis), mantido pela Controladoria-Geral da União (CGU), já que restrições de outros estados podem interferir em licitações e contratos do Distrito Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário