quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Começam aulas no Centro Olímpico do Setor O

Começaram ontem as aulas no Centro Olímpico do Setor O, em Ceilândia, com cerca de mil alunos matriculados nas modalidades de atletismo, basquete, futebol de areia, futebol society, ginástica localizada, handebol, futsal, desenvolvimento motor, vôlei, hidroginástica e natação.



"Quando eu crescer, quero ser jogador de futebol e hoje começo a realizar o meu sonho, vou me tornar muito reconhecido", contou o aluno de futebol society de 12 anos, Matheus Almeida.

O Centro Olímpico do Setor O recebeu 9 mil inscrições, e o sorteio comtemplou 4.400 usuários interessados em praticar esportes.

A unidade atende crianças a partir de 4 anos, adultos, idosos e também pessoas com deficiências.

"Os alunos estavam ansiosos para o início das aulas. E, após passar pelo processo de inscrição e sorteio, o Centro Olímpico está de portas abertas para a comunidade", destacou o secretário de Esporte, Júlio Ribeiro.

"Acompanhei toda a construção do Centro Olímpico. Vi a piscina ficar pronta e sonhava estar dentro dela.Vou treinar muito para ser igual ao Cielo", comemorou o aluno de natação de 10 anos, David dos Santos.

O estudante sorteado que ainda não efetuou a matrícula pode comparecer ao Centro Olímpico até sexta-feira (30), das 8h às 12h e das 14h às 18, e levar a documentação necessária, como carteira de identidade e CPF.

54 mil estrangeiros movimentaram US$ 41 milhões em 2012

Em 2012, 54.511 turistas estrangeiros desembarcaram na capital para fazer negócios ou participar de eventos e convenções.


Juntos, eles gastaram US$ 41 milhões (cerca de R$ 96 milhões ao câmbio de ontem). Os dados são da pesquisa divulgada ontem pelo Ministério do Turismo, que mostrou que 5,67 milhões de estrangeiros visitaram o Brasil no ano passado.

A participação da capital federal se destaca no turismo de negócios. De 2011 para 2012, a quantidade de turistas estrangeiros que chegaram à cidade para eventos e convenções aumentou 1,2 ponto percentual, passando de 2,6% para 3,8% do total de visitantes que vieram ao país a trabalho. Hoje, Brasília é o quinto destino mais visitado por esses turistas no Brasil e ultrapassou Belo Horizonte. Além de fechar negócios, muitos vêm a Brasília em busca de especialização e crescimento profissional, como o grupo de 30 arquitetos peruanos que estiveram na a semana passada conhecendo os monumentos projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

A pesquisa também mostrou que os três primeiros colocados da lista tiveram queda no número de visitantes. São Paulo recebeu 48,3% contra 51,6%, em 2011. O Rio Janeiro, que, em 2011, foi destino de 24,4%, atraiu 23,9% no ano passado. Em Curitiba, a visitação caiu de 4,9% para 4,4% no mesmo período. A cidade de Porto Alegre, é a quinta no ranking, teve um crescimento de 3,7% para 4,1%, resultado inferior ao de Brasília. “Acreditamos que o turismo de negócios é a vocação de Brasília e a cidade tem potencial para crescer ainda mais”, afirma o secretário de Turismo do DF, Luís Otávio Neves.

Messias de Souza comemora hoje o seu aniversário com grande festa na AABB

Ao Administrador de Brasília Messias de Souza do (PCdoB), parabéns pela passagem de seu aniversário, e por suas grandes conquistas para Brasília.

Hoje mais a noite, o Prefeito de Brasília estará recebendo os seus convidados no clube da AABB, onde seus amigos estão preparando uma grande festa a partir das 19h30min.

Segundo uma fonte  o aniversário do administrador terá a participação de vários artistas do Distrito Federal.


Se apresentarão os amigos do administrador Banda Coisa Nossa, DJ,s criolina, Pedro Paulo e Matheus dentre outros cantores, bandas e DJ´s.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Motociclista morre após ser atingido por fiação de poste em Ceilândia

Segundo os bombeiros, a vítima foi atingida no pescoço por um dos fios espalhados na pista após um poste ser derrubado por um caminhão

Familiares ficam ao lado de motociclista morto em acidente. PM isolam a área e esperam a chegada da Polícia Civil para realização de perícia (Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press)
Familiares ficam ao lado de motociclista morto em acidente. PM isolam a área e esperam a chegada da Polícia Civil para realização de perícia

 Um motociclista morreu na manhã desta segunda-feira (26/8), na QNO 13 do Setor O, sentido Ceilândia Norte, após ser atingido no pescoço por um fio de um poste de telefone que caiu na pista. 

De acordo com a Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) do Corpo de Bombeiros, um caminhão derrubou o poste, deixando a fiação espalhada na pista. Um dos fios atingiu Belchior Golçalves da Silva, 46 anos, que morreu na hora. O motorista do caminhão foi levado para a 24ª Delegacia de Polícia (Ceilândia - Setor O).

R$ 110 mil por mês para alimentação de 2 mil catadores

Os 2.200 catadores de materiais recicláveis que atuam no Lixão da Estrutural terão alimentação reforçada a partir de hoje com pão, leite, queijo e iogurte que serão entregues no Espaço do Catador pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, que investirá mensalmente R$ 110 mil no projeto.



“Essa ação amplia a nossa parceria com os catadores de materiais recicláveis, visando a sua inclusão social e econômica, além de fortalecer a agricultura familiar por meio da aquisição de seus produtos”, afirmou o secretário Daniel Seidel.

Ontem, às 9h30 da manhã, foi assinado o Termo de Compromisso de Participação no Programa de Provimento Alimentar e Institucional: modalidade pão, leite e derivados, no Espaço do Catado, entre a secretaria e representantes das cooperativas que serão responsáveis pelo rodízio na preparação de lanches.

Os alimentos serão adquiridos por meio do Programa de Aquisição da Produção da Agricultura (PAPA/DF), da Cooperativa COPAS.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Licitação para comemorar os 40 anos da Terracap oferece 107 lotes no DF

Terrenos em diversas regiões administrativas têm entre 40m² e 22,4 mil m² 

 A Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) realiza na quinta-feira (29) licitação especial para comemorar os 40 anos da empresa, com 107 terrenos que vão de 40m² até 22.448,88m², em diversas regiões administrativas, como Jardim Botânico, Taquari, Sobradinho e Ceilândia.

“Samambaia é uma cidade em franca expansão, moderna e de infraestrutura e urbanização prontas. É ela quem tem puxado as vendas dos lotes nas edições anteriores, mas a cada licitação observamos também que o Recanto das Emas está atraindo os investidores,” afirmou o gerente comercial da Terracap, Alex Alonso.

Os interessados têm até a próxima quarta-feira (28) para depositar o valor da caução exigida em qualquer agência do Banco de Brasília (BRB), mas somente em dinheiro ou por Transferência Eletrônica Disponível (TED).

Entre as novidades, há um posto de gasolina em São Sebastião, um terreno de 7.384,50m² em Águas Claras e um lote de 5.132m², no Guará.

De acordo com o Edital 08/2013, todos os imóveis poderão ser adquiridos mediante financiamento à taxa de 0,8% ao mês para licitantes particulares e de 0,5% ao mês para os servidores de órgãos conveniados com a Terracap.

O edital de licitação pode ser retirado gratuitamente nas sedes das Administrações Regionais, agências do BRB, na própria Terracap ou pelo site www.terracap.df.gov.br.

Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, associados ou não, residentes ou estabelecidas em qualquer parte do território nacional, exceto diretores, membros efetivos e suplentes da Comissão Permanente de Licitação de imóveis – CPLI e dos Conselhos de Administração e Fiscal da Terracap.

De acordo com a empresa, a oferta objetiva regular a forte demanda por imóveis no Distrito Federal, onde se estima haver um déficit habitacional para a classe média.

No caso específico de Samambaia, levantamento feito pela Terracap detectou, no período de 2000 a 2013, uma valorização de 1.403,72%, com isso, o valor de um lote padrão com 900m² saltou de R$ 80.144,03 em 2000 para R$ 1.070.000 em 2013.

Os recursos obtidos com as vendas serão destinados aos programas do GDF, aplicados em obras de infraestrutura ou projetos como o Parque Tecnológico Capital Digital, Ciclovias, Vilas Olímpicas e reformas da Rodoviária, Torre de Televisão e a Catedral de Brasília.

Lotes à venda:

02 (dois) na Região Administrativa de Águas Claras (itens 01 e 02);

05 (cinco) na região de Brasília (itens 03 a 07);

01 (um) na Região Administrativa de Brazlãndia (item 08);

10 (dez) na Região Administrativa de Ceilândia (itens 09 a 18);

10 (dez) na Região Administrativa do Gama (itens 19 a 28);

03 (três) na Região Administrativa do Guará (itens 29 a 31);

02 (dois) na Região Administrativa do Taquari, (Lago Norte) (itens 32 e 33);

01 (um) na Região Administrativa do Núcleo Bandeirante, (item 34);

10 (dez) na Região Administrativa do Recanto das Emas, (itens 35 a 44);

34 (trinta e quatro) na Região Administrativa de Samambaia (itens 45 a 78);

08 (oito) na Região Administrativa de Santa Maria (itens 79 a 86);

11 (onze) na Região do Jardim Botânico (itens 87 a 97);

01 (um) na Região de São Sebastião (item 98);

07 (sete) na Região Administrativa de Sobradinho (itens 99 a 105);

02 (dois) na Região Administrativa de Taguatinga (itens 106 e 107).

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Fábrica Social realiza palestra sobre inovação e sustentabilidade

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus), em parceria com a Fábrica Social, realizará, hoje, uma palestra sobre Inovação e Sustentabilidade para os alunos de cursos de capacitação do “DF sem Miséria”.


"Um mundo cada vez mais conectado com os problemas locais e globais exige soluções criativas e eficazes. É preciso repensar o transporte, a educação, a saúde, a segurança e o modo como vivemos", frisou o palestrante e subsecretário de Mobilização Social da Sejus, Carlos Eduardo Guimarães.

Na conferência, Carlos Eduardo demonstra, com slides e vídeos, diversas soluções encontradas para os novos tempos.

O evento, acontecerá às 9h e às 14h, na sede do Fábrica Social, tem como objetivo alertar para os problemas da segurança, educação e sustentabilidade.

"O Fábrica Social se preocupa com a consciência coletiva sobre sustentabilidade. O programa tem por missão precípua capacitar pessoas, mas essencialmente contribuir com a construção da cidadania", reforçou o chefe de Unidade de Capacitação Profissional, Marcos Roberto.

A exposição dura cerca de 40 minutos e pode ser feita também em escolas da rede pública e privada.

Serviço
Palestra sobre inovação e sustentabilidade na Fábrica Social

Data: segunda-feira (19)

Horário: 9h e 14h

Local: sede da Fábrica Social, no SCIA (Cidade do Automóvel), Quadra 14 Conjunto 02 Lote 16.

Mais informações nos telefones: 2104 1941 / 2104 1939 / 8564 9835 (com Graziela).

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Transparência conclui auditoria sobre festa de aniversário do Sudoeste


Empresas representantes de bandas e artistas contratados responderão processo

 As empresas representantes de bandas e artistas contratados para o "Arrasta-pe sem álcool" – evento realizado em comemoração ao 10º aniversário da Administração da Regional Sudoeste/Octogonal, em maio deste ano– responderão a processo administrativo para explicar irregularidades encontradas em auditoria da Secretaria de Transparência.
 
De acordo com o documento divulgado hoje (15) pela pasta, foram constatadas falhas nos processos examinados para a contratação da festa, realizada nos dias 17, 18 e 19 de maio com a participação de 18 bandas e grupos musicais, além do grupo de dança Boi Bumbá, de Parintins-AM.
 
Entre as irregularidades estão a falta de projeto básico de realização da festa prévio à contratação, pesquisa insuficiente de preços dos cachês dos artistas contratados, divergência entre os valores pagos pela Regional Sudoeste/Octogonal e os caches pagos para os mesmos artistas pela Secretaria de Cultura e outras administrações regionais.
 
Verificou-se também que as declarações de exclusividade, necessárias à legalidade da contratação de artistas, foram firmadas entre empresas que se revezam na intermediação dos artistas e que essas declarações são elaboradas de acordo com os eventos ou com os interesses de cada apresentação, sem registros em cartório e na Delegacia Regional do Trabalho (DRT).
 
Diante dos problemas detectados, a auditoria recomendou à administração do Sudoeste/Octogonal a adoção de medidas que evitem a ocorrência de falhas semelhantes em processos futuros de contratações de artistas, especialmente a realização de chamamento público para a apresentação de propostas por grupos, bandas e artistas locais, com a definição de valor máximo de cachê a ser pago.
 
Recomendou-se também à regional a instauração de sindicância para apurar as irregularidades identificadas na contratação, bem como de procedimento para verificar se houve prejuízos ao erário.
 

Governador se reúne com ministro de Ciência e Tecnologia para negociar cooperações

Durante encontro, parlamentares trataram sobre "Semana Nacional de Ciência e Tecnologia", utilização da Biblioteca Nacional e construção de um museu
O governador Agnelo Queiroz recebeu hoje, no Palácio do Buriti, o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, para tratar de três itens de cooperação - entre eles, a realização da "Semana Nacional de Ciência e Tecnologia" (SNCT 2014), no Estádio Nacional de Brasília.
"A nossa ideia é realizar esse grande evento -que reuniu 100 mil participantes em 2012 - no Estádio, onde queremos abrir uma 'janelinha para a ciência'. Esse é um grande encontro que terá o envolvimento dos ministérios da Saúde, Educação e do Esporte", descreveu o ministro Marco Antônio Raupp.
O governador disse que receber a SNTC confirma a utilidade da arena. "Trazer essa feira reforça nossa tese de espaço multiuso para trazer também um público diferenciado, que são os estudantes. Eles poderão visitar a feira e, ao mesmo tempo, conhecer o estádio", afirmou Agnelo Queiroz.
Segundo ele, o espaço tem uma programação de jogos até o dia 8 de dezembro e a ideia é realizar outros eventos, inclusive a Semana, prevista para outubro, nos dias úteis, e permanecer com o cronograma de partidas esportivas aos sábados, domingos e quintas-feiras.
O segundo assunto da pauta foi quanto à utilização da Biblioteca Nacional de Brasília, que a partir da parceria entre GDF e governo federal poderá funcionar 24 horas por dia com ambiente tecnológico e digital para oferta de conhecimento com a interligação de centros de pesquisas de vários países.
"Para isso, nós vamos encaminhar uma proposta para o MCTI e vamos negociar, se preciso, uma gestão compartilhada do espaço", explicou o secretário da Casa Civil, Swedenberger Barbosa.
O último item acertado foi quanto a viabilizar a instalação de um museu de ciência e tecnologia no Eixo Monumental, que terá seu processo acelerado com reuniões periódicas entre a Casa Civil, Secretaria de Cultura, Ciência e Tecnologia e integrantes do MCTI.


Também participaram da reunião a primeira-dama, Ilza Queiroz; o secretário de Ciência e Tecnologia, Glauco Rojas; e secretário da Copa, Claudio Monteiro.

Integrantes do "Fórum de Assuntos de Energia Elétrica" tomam posse no Palácio do Buriti

Evento contou com a participação do govenador  e do ministro de Minas e Energia
Os novos integrantes do "Fórum Nacional de Secretários de Estado para Assuntos de Energia" assinaram o termo de posse hoje, durante solenidade no Palácio do Buriti, com a participação do governador Agnelo Queiroz e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.
"Esse fórum terá um papel importante nesse esforço para avançar cada vez mais no aumento do potencial energético do DF e do Brasil. Essa é uma questão importante para trazer desenvolvimento, atrair empresas e investimentos", destacou o chefe do Executivo local, Agnelo Queiroz.
O novo presidente do Fórum e secretário de Energia do Pará, Nicias Ribeiro, destacou que a organização trabalhará com representantes das 27 unidades da Federação para aperfeiçoamento da política energética brasileira.
"Ouvi que o DF avançou com as melhorias no sistema de energia elétrica e qualquer avanço que ocorre em um governo é bem-vindo e bem-visto para ser usado como modelo por outros estados", destacou Ribeiro.
Segundo ele, os secretários de Energia dos 27 estados poderão trocar experiências durante os encontros periódicos que, no caso do DF, será representado pela Companhia Energética de Brasília (CEB).
O ministro Edison Lobão ressaltou que a CEB apresenta excelentes resultados devido aos investimentos feitos pelo GDF para recuperação da empresa, que chegou a ser listada como uma das empresas do ramo mais multadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
"Foram várias medidas que o governo (GDF) tomou para que os percalços que eram enfrentados todos os dias fossem desaparecendo. Hoje, estamos homenageando o DF, o govenador e a CEB pelos avanços que têm ocorrido nos últimos tempos", elogiou o ministro.
REESTRUTURAÇÃO – De acordo com o diretor de Engenharia da CEB, Mauro Martinelli, a falta de investimentos no passado foi o principal motivo para a onda de apagões que o DF enfrentou recentemente. "Agora, o Distrito Federal tem um sistema em plena recuperação e com remota possibilidade de apagões", explicou.
Em 2011 e 2012, a CEB recebeu investimentos de R$285 milhões; para este ano estão previstos mais R$170 milhões e para 2014 outros R$180 milhões, o que totaliza um aporte à companhia de R$635 milhões em quatro anos.
Novos integrantes do Fórum:
- Nícias Ribeiro –Presidente do Fórum e secretário de Energia do Pará;
- Ricardo Guterres- Vice-presidente do Conselho Regional e secretário de Minas e Energia do Maranhão;
- José Aníbal –Vice-presidente de Petróleo e Gás e secretário de Energia de São Paulo;
- Geoberto Espírito Santo –Vice-presidente de Planejamento Energético e representante da Região Nordeste no Conselho de Pesquisa Energética (Concepe);
- Eduardo Azevedo– Vice-presidente de Energias Alternativas Renováveis e secretário executivo de Energia do Estado de Pernambuco.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Jazz agita Parque da Cidade

Cerca de 5 mil pessoas acompanham I love Jazz no Parque da Cidade. Orange Kellin's New Orleans DeLuxe Orchestra e Pink Turtle fecharam fim de semana de jazz em Brasília



Os americanos da tradicional Orange Kellin's New Orleans DeLuxe Orchestra e os franceses da divertida Pink Turtle fizeram,  domingo (11/8) as últimas apresentações do festival I love Jazz no Parque da Cidade, em Brasília. Por volta de 19h30, cerca de 5 mil pessoas acompanhavam as atrações, segundo a organização do evento.

A primeira banda investiu em jazz instrumental e aqueceu o publico para a Pink Turtle, atração mais aguardada de hoje. Os franceses animaram a plateia, que se levantou para dançar e cantar sucessos do pop americano, como How deep is your love, em versão jazz. A estimativa é de que 10 mil pessoas tenham passado pelo I Love Jazz no decorrer de todo o fim de semana.

Os franceses do Pink Turtle

O festival encerra com apresentação do empolgante grupo francês Pink Turtle. A banda interpreta sucessos do pop em ritmo de jazz. A combinação é, no mínimo, divertida. O grupo é formado por sete músicos que já foram indicados ao French Jazz Award como %u201CMelho r Grupo Vocal Francês%u201D. No último álbum, de 2012, o grupo traz canções de bandas sempre clássicas, como Beatles, Dire Straits e Supertramp, mais um bônus de interpretações de músicas de Bob Marley e Stevie Wonder.

DF estará na “série A” do rugby em cadeira de rodas

"Bsb Quad Rugby" recebeu apoio da Secretaria de Esporte e treina pesado para 6º Campeonato Nacional
Pela primeira vez Brasília terá representante na primeira divisão do Rugby em Cadeira de Rodas, com o time Bsb Quad Rugby, que participará do 6º Campeonato Nacional, entre os dias 21e 25, na cidade de Matinhos, no Paraná, com mais de dez equipes confirmadas.
"Estamos indo para a competição comboa expectativa de conseguir, pelo menos, o segundo lugar", disse à Agência Brasília o jogador Raphael Lucena, que também busca ser convocado mais uma vez para a seleção brasileira.
A viagem do time- único do centro-oeste- terá apoio da Secretaria de Esporte, por meio do Compete Brasília, programa que incentiva atletas do Distrito Federal em competições nacionais e internacionais e beneficiou mais de 1.330 pessoas só nos sete primeiros meses deste ano.
"O rugby vem crescendo bastante no DF e nossos paratletas representam muito bem Brasília. Acredito que eles servem também de exemplo para outros atletas com deficiência que querem conhecer a modalidade", destacou a diretora de apoio ao atleta, Rebbeca Gusmão.
O BSB Quad Rugby treinava no Centro de Orientação Sócio Educativa (Cose) do Gama, mantido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), mas conseguiu, também com a secretaria de Esporte, espaço para treinar no Centro Olímpico da cidade até o campeonato nacional.
"Lá (no Cose) só tinha cobertura, mas não era fechado e quando chovia forte não podíamos treinar porque molhava", comparou Lucena. Os treinos da equipe agora são realizados três vezes por semana, no ginásio do Centro Olímpico do Gama.
O espaço é o mesmo que sediou, no fim do mês passado, o 2º Aberto de Brasília de Rugby em Cadeira de Rodas, competição com equipes de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, além do representante candango, que ficou em terceiro lugar.
CONQUISTA- A ascensão à primeira divisão do esporte no Brasil era um sonho antigo da equipe, formada em 2010, por Lucena, Léo Amorim, José Higino e Francisco Abrantes.
Mas para Amorim, as conquistas com o rugby vão além dos títulos, já que o esporte foi o principal responsável pela sua reabilitação. "É melhor que fisioterapia", contou o atleta, que ficou tetraplégico após um acidente na piscina em 2002.
"Começou como socialização, eu ficava sozinho em casa e não via ninguém em cadeira de rodas, me sentia minoria. Agora, em quadra, me sinto maioria", acrescentou o jogador, que depois do rugby casou, tem mais facilidade de locomoção e até voltou a guiar este ano.
"Fiquei onze anos sem dirigir, quando percebi que conseguia, agora em maio, foi uma sensação maravilhosa. Quando sentei no banco do motorista pela primeira vez a lágrima escorreu do olho", contou.
Já Lucena, que perdeu o movimento das pernas em 2004 após um mergulho em água rasa, tentou jogar basquete em cadeira de rodas, mas foi apresentado ao rugby por atletas do Rio de Janeiro e descobriu uma paixão.
As conquistas são listadas por ele. "Comecei com cadeira emprestada, nacional, mas daí consegui comprar a minha importada. Já fui pré-convocado para a seleção uma vez e já representei o país em viagem internacional", disse Raphael.
Único atleta não-cadeirante da equipe, Antônio Manoel é biamputado, e no dia a dia anda com auxílio de próteses. Segundo ele, foi difícil se adaptar ao esporte inicialmente. "Pensei que nem daria conta de tocar essa cadeira, mas comecei a gostar e agora vou longe", garantiu.
Também integram o BSB Quad Rugby os jogadores José Higino, Wesclei Dourado, Davidson Daniel e André Vasconcelos. A equipe é conduzida pelo técnico Antônio Manuel Pereira e pelos auxiliares técnicos Paulo Higino e Hêvelyn Sant'ana.
CAMPEÕES- A vaga na elite do esporte para cadeirantes foi conquistada pelo Bsb Quad ainda no ano passado, quando os atletas da capital federal foram campeões invictos da segunda divisão na 5ªedição da disputa, realizada no Paraná.
Na mesma competição, o jogador 2.0 José Higino, que atualmente integra a seleção brasileira, foi o artilheiro e o melhor atacante, já o jogador 0.5 Léo Amorim ficou com título de melhor defensor.
Não entendeu o porquê dessa categorização numérica? Veja a explicação a seguir.
No rugby com cadeira de rodas, cada atleta tem um número entre 0.5 e 4.0, que representa a sua classificação funcional, com base na deficiência. A equipe tem até quatro jogadores e pode somar, no máximo, 8.0 pontos para garantir o equilíbrio de competividade entre os times.
O esporte foi criado no Reino Unido em 1845, como variação do futebol americano, e será considerado esporte olímpico e paraolímpico pela primeira vez nos jogos de 2016, no Rio de Janeiro.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Médicos da rede pública serão capacitados em reconstrução mamária

Objetivo é ampliar oferta do procedimento aos pacientes com câncer

 Médicos da rede pública de Saúde do Distrito Federal terão capacitação em reconstrução mamária, a partir de amanhã (9), no auditório do Hospital de Base, a partir das 9h, quando começa o "Curso de Técnicas de Cirurgia em Mastologia".

"Em um ano teremos profissionais habilitados, capazes de ao mesmo tempo retirar a mama e fazer a reconstrução. Com isso, a gente aumentará a oferta regular de reconstrução mamária na rede da Secretaria de Saúde", explicou a coordenadora das Ações Programáticas, Fernanda Salum.

Dez mastologistas (especialistas em glândulas mamárias) terão curso durante 10 meses, sendo 20 horas mensais, no total de 200 horas/aula e receberão certificado da Sociedade Brasileira de Mastologia, responsável pelo curso.

Salum destacou que o câncer de mama é um problema de saúde pública e a oferta de reconstrução mamária é muito pequena, uma vez que a técnica só era desenvolvida por cirurgião plástico.

"O objetivo (do curso) é o aprendizado pelos médicos mastologistas de técnicas cirúrgicas que vão proporcionar resultados estéticos mais satisfatórios e o reparo das mutilações causadas pelo tratamento do câncer de mama", detalhou.


Uma lei, sancionada em maio deste ano pela presidenta Dilma Rousseff, tornou obrigatória a cirurgia reparadora após a retirada do tumor no Sistema Único de Saúde (Lei 12.802/13).

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Maior São João do Cerrado receberá caravanas estrangeiras

Evento começa quarta-feira (7), na Área Especial, com a expectativa de recorde de público para esta edição

O “Maior São João do Cerrado” começa quarta-feira (7), na Área Especial D (antigo Ceilambódromo), e a expectativa é de recorde de público para esta edição, que receberá caravanas de todo o país e ainda do México, Peru, Argentina e Portugal.

“Em todos os dias de evento em 2012 foram quase 700 mil visitantes e, para este ano, a expectativa é ultrapassar os 800 mil”, declarou a idealizadora da festa, Edilane Oliveira hoje, à Agência Brasília.

Os shows de abertura desta edição ficarão por conta das bandas Aviões do Forró e Mala 100 Alça, e de acordo com Oliveira, o público esperado é 150 mil pessoas, 30 mil a mais que no ano passado.

Na quinta-feira, quando acontecerá a gravação, ao vivo, do DVD da banda Calypso, o local receberá 253 caravanas de todo país, segundo a organização.

A edição deste ano tem como tema “Oscar Niemeyer e os candangos nordestinos que vieram construir a obra do mestre”, e, para homenageá-lo, o palco onde as principais atrações se apresentarão terá projeto cenográfico inspirado no trabalho do arquiteto.

“Estamos correndo contra o tempo, preparando a finalização, já que a área é uma cidade cenográfica e precisamos dar realidade a ela. Hoje finalizamos o palco principal”, destacou a idealizadora.

Além dos shows de artistas nacionais e locais, o público poderá visitar a Vila Borborema, uma réplica das vilas do interior do país com casas coloridas, mergulhar na nostalgia no Sítio Seu João, que este ano terá um engenho – “Nós vamos moer a cana para fazer o melado de rapadura na hora”, disse.

A festa acontece de 7 a 11 de agosto e terá ainda entre as atrações, Alceu Valença, Elba Ramalho, Geraldinho Lins, Amazan e Garota Safada, além do ator Jackson Antunes, entre outros.

Músicos ainda podem se inscrever para se apresentar na festa

A edição deste ano terá três ilhas de forró – a Rabo de Saia, a Chamego Bom e a Rala Bucho – onde se apresentarão artistas locais de origem nordestina.

A Secretaria de Cultura receberá inscrições dos interessados em se apresentar nesses palcos até meio-dia desta segunda-feira (5).

Os interessados devem comparecer à Secretaria (no Setor Cultural Norte SCTN, Via N2, Anexo do Teatro Nacional) com a documentação exigida no edital.

Vagas disponíveis:

Categoria Banda de Forró – 4 vagas (até R$ 12.000)

Categoria Grupo de Forró – 4 vagas (até R$ 8.000)

Categoria Grupo de Teatro – 1 vaga (até R$ 3.000)

Categoria Dança Folclórica – 14 vagas (até R$ 2.500)

Categoria Trio de Forró – 10 vagas (até R$ 1.200)

Categoria Grupo Folclórico – 04 vagas (até 4.500)

Categoria Quadrilha Junina – 06 vagas (até 2.000)


SERVIÇO

Maior São João do Cerrado

Data: de 7 a 11 de agosto

Local: Área Especial D, Ceilândia Norte (antigo Ceilambódromo)

Horário: a partir das 19h30