sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Curso de Gestão de Condomínios por 2 quilos de alimento no Plano Piloto

Abertas as inscrições para o Curso de Gestão de Condomínios para Síndicos no Plano Piloto da Escola de Síndicos da ASSOSÍNDICOS-DF. O curso é exclusivo para síndicos que desejam conhecer mais sobre seus direitos e deveres dentro de um condomínio


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Prorrogado prazo para incluir no Siggo dívidas de exercícios anteriores

Fornecedores têm até 30 de novembro para comprovar a prestação de serviços ao governo de Brasília

Foi prorrogado de 16 de outubro para 30 de novembro o prazo para que dívidas do governo com fornecedores — referentes à aquisição de bens e serviços em anos anteriores — sejam comprovadas por eles e inseridas no Sistema Integrado de Gestão Governamental (Siggo) pelos órgãos com os quais firmaram contratos. A prorrogação, por meio do Decreto nº 36.810, de 15 de outubro de 2015, está publicada no Diário Oficial do Distrito Federal de sexta-feira (16).

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ARTIGO: Saúde não é negócio


*Em 1979 foi iniciado o Plano de Assistência à Saúde no Distrito Federal que estabelecia o princípio da universalização, regionalização e hierarquização dos serviços públicos de saúde. Posto em prática com a construção de centros e postos de saúde, hospitais e serviços correlatos, distribuídos uniformemente de acordo com a densidade populacional, ofereceu resultados surpreendentes. Profissionais engajados na nova sistemática, além da novidade da ação dos recém-criados agentes de saúde junto à comunidade, proporcionaram, não só facilidade ao atendimento, como resposta epidemiológica expressiva. Para ter-se uma idéia, a mortalidade infantil na cidade satélite de Ceilândia, então com 300.000 habitantes, que era de 100 crianças, no primeiro ano de vida, em cada 1000 nascidas vivas, caiu para 30 em pouco mais de dois anos. Eram 70 bebês salvos a cada ano, só em Ceilândia.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

ENTREVISTA: Liliane Roriz fala sobre resgate de Brasília

Liliane avalia a relação da Câmara Legislativa com o Governo de Brasília e afirma que é preciso unir forças para que a cidade consiga passar por essa atual situação de crise financeira. Define como a principal meta do seu mandato as ferrovias Luziânia-Brasília e Brasília-Goiânia. Liliane fala abertamente que pretende prosseguir com aquilo que Joaquim Roriz iniciou quando foi governador de Brasília, e se vê como a renovação da imagem do pai.

Foto: Daniel Cardoso.

Qual o balanço que a senhora faz dos primeiros meses deste mandato em frente à Câmara Legislativa?
Eu sou uma pessoa muito otimista, acho que aprendi isso com o meu pai (Joaquim Roriz). Ele sempre nos ensinou a acreditar no dia de amanhã e que as coisas podem ser melhores. Eu tenho motivo para comemorar, porque eu lutei pela cidade, cobrei do governador (Rodrigo Rollemberg). O primeiro pacote de janeiro foi bem complicado, mas nós estivemos presente ao lado dele. Posteriormente, ele enviou o outro pacote de venda das estatais (como CEB, CAESB, BRB) e eu fui a primeira pessoa da Câmara Legislativa a ir contra essas medidas. Mas o governador teve bom senso e retirou o projeto da Casa. Também derrubamos alguns vetos, e nesse segundo semestre tenho a perspectiva de derrubar o veto sobre a PL do ICMS dos remédios genéricos. Brasília está passando uma crise financeira, mas esse projeto estava dentro do pacote dele. Então, achei que foi uma contradição muito grande ele vetar um projeto que ele mesmo havia enviado para a Câmara. Embora muita gente ache que é institucional, eu não entendi desta forma, já que o próprio Executivo enviou esse projeto.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

ELEITOS: Resultado preliminar da eleição para conselheiros tutelares é divulgado

Os votos começaram a ser apurados à meia-noite de domingo (4), no Ginásio Nilson Nelson. A lista oficial deve ser publicada nesta terça-feira (6). Os malotes com os votos foram abertos à meia noite de domingo

Foto: Aline Dias.

A Secretaria da Criança divulgou, na manhã desta segunda-feira (5), o resultado preliminar da votação para conselheiros tutelares, realizada no domingo (4). A apuração dos votos acabou às 5 horas de hoje e falta finalizar o processo de checagem. A lista completa dos colocados está disponível na página das eleições. O resultado oficial deve ser publicado nesta terça-feira (6).

A votação ocorreu sem incidentes sérios e foi encerrada às 17 horas. Dos 1,6 mil equipamentos usados na votação, oito tiveram que ser substituídos. Os eleitores que usariam os aparelhos tiveram que fazer o voto em papel, o que tornou o processo de apuração mais demorado.

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Governador vai anunciar nova estrutura em 13 de outubro

Secretarias e administrações enviaram planos de cortes. A redução de despesas é condição obrigatória, já que o DF ultrapassou limite da Lei de Responsabilidade Fiscal

Em consonância com as medidas anunciadas para colocar Brasília novamente dentro do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o governador Rodrigo Rollemberg vai anunciar a nova estrutura do Executivo local em 13 de outubro. Entre as ações para reequilibrar as finanças estão a redução de pelo menos 20% das despesas com cargos comissionados e o corte no número de secretarias — de 24 para 16 — e de administrações regionais — de 31 para 24.

Os órgãos enviaram à Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização os planos de corte nas próprias estruturas. Agora, a pasta realiza estudos técnicos para avaliar as sugestões. A Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do DF participa do processo, para garantir que as reduções necessárias sejam feitas segundo as regras da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além da própria Secretaria de Gestão Administrativa, o colegiado é formado pelos titulares da Casa Civil, da Secretaria de Fazenda, da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão e da Procuradoria-Geral do DF.